Site infectado. O que fazer?

De Task Wiki
Ir para: navegação, pesquisa

Visando maior segurança, a Task implementou um sistema de antivírus em seus servidores Web, que avisará a todos os clientes sobre a presença de arquivos maliciosos em seus respectivos sites. Nestes casos, o sistema enviará automaticamente um e-mail para os contatos administrativo e técnico cadastrados em nosso sistema. Abaixo, um exemplo deste e-mail:


Assunto: Antivirus Task: Conteúdo malicioso encontrado no site seudominio.com.br

Conteúdo malicioso encontrado nos seguintes arquivos do site seudominio.com.br:

httpdocs/wp-content/uploads/2015/01/exemplo1.php: {CAV}Php.Malware.Mailbot-1
httpdocs/wp-content/uploads/2015/02/exemplo2.php: {CAV}Php.Malware.Mailbot-1
httpdocs/wp-content/uploads/2014/03/exemplo3.php: {CAV}Php.Malware.Mailbot-1


O que fazer nestes casos?

A invasão de um site pode ser realizada de várias maneiras e está ligada principalmente a falhas de segurança do próprio site ou de seus dados de acesso. Daremos algumas dicas e orientações de como proceder nestes casos:


  • Faça uma análise dos arquivos citados no e-mail e, caso sejam maliciosos, exclua-os.
  • Altere senhas de FTP e de Áreas Administrativas do site;
  • Para evitar novos problemas é importante eliminar falhas de segurança do site. No caso de sites desenvolvidos a partir de CMS (Exemplo: Wordpress, Joomla, Magento, etc.), é imprescindível manter versões da aplicação, temas e plugins sempre atualizados. Atualizações e patchs de correção para estas plataformas são disponibilizadas frequentemente e devem sempre ser instaladas. Para sites desenvolvidos sem o auxílio destas plataformas, recomenda-se uma análise do próprio desenvolvedor do site em busca de falhas de segurança;
  • Muitas vezes, a infecção do site pode ocorrer por permissões incorretamente configuradas em determinados diretórios. Permissões totais (777) nunca são recomendadas e permissões de escrita devem ser configuradas apenas em diretórios que realmente necessitam da mesma para um correto funcionamento;
  • Recomendamos remover do site qualquer conteúdo que não esteja sendo utilizado. Temas e plugins não utilizados, no caso de sites desenvolvidos através de CMS, também devem ser removidos.


Ressaltamos a importância de contatos com o respectivo desenvolvedor do site, nos casos em que o problema persista. Manter conteúdos maliciosos em sua página pode, além de influenciar o correto funcionamento da mesma, impedir totalmente seu acesso.